Quem está se lixando para atos secretos

22jun09

Um grupo de quase 200 deputados federais anunciou semana passada ter se reunido numa frente parlamentar que vai brigar por mais transparência pública.

Ainda que tal iniciativa provavelmente seja jogada de marketing, vale a pena verificar quais os partidos e quais as bancadas estaduais esnobaram a “Frente Parlamentar de Apoio ao Acesso a Informações Públicas”.

Em plena temporada de escândalos dos “atos secretos“, quem não adere a um grupo pró-transparência, nem mesmo por marquetchim, realmente não se lixa pra opinião pública.

Eu soube dessa frente parlamentar através de uma nota publicada no Fórum de Direito de Acesso a Informações Públicas, entidade que reúne mais de 20 organizações, entre as quais a Transparência Brasil.

A tal frente parlamentar tem 198 integrantes.

Da nota do Fórum de Direito de Acesso chega-se aos 198 nomes, com seus respectivos partidos e a Unidade da Federação representada.

A partir desses dados, fiz uma análise da composição da Frente Parlamentar de Apoio ao Acesso a Informações Públicas, por partido, região e Unidade da Federação.

Partidos

Entre os maiores partidos (DEM, PMDB, PSDB e PT), a legenda do presidente Lula é a que menos aderiu à Frente Parlamentar.

Dos 78 petistas, só 24 integram a frente pró-transparência.

Isso quer dizer que quase 70% dos deputados petistas estão fora da frente.

PMDB e DEM não ficam muito atrás. Quase 65% dos peemedebistas e dos ex-pefelistas acreditaram não ser muito importante integrar a frente parlamentar.

Será que eles acham desnecessário abrir as caixas-pretas do serviço público?

Entre os partidos de médio porte, o de pior desempenho é o PTB de Roberto Jefferson: mais de 90% dos petebistas esnobam a iniciativa.

Outros dois partidos médios emprestam à frente pró-transparência menos de um terço de seus deputados: PR (21%) e PP (21%).

Já entre os nanicos* (PHS, PMN, PRB, PSOL, PTC e PTdoB), três não emprestaram sequer um representante para a Frente Parlamentar: PHS, PTC e PTdoB.

Região

A região menos entusiasmada é o Nordeste: só 31% dos deputados federais nordestinos se uniram à empreitada. Segue de perto o Centro-Oeste, com 32% de integrantes da frente.

A região Sul aparece em terceiro, com 35% de seus deputados aderindo ao grupo pró-transparencia.

As regiões mais entusiasmadas são Norte (40%) e Sudeste (42%).

UF

Entre os três estados com mais de 40 representantes na Câmara (SP, MG e RJ), a bancada paulista é a que mais esnoba a iniciativa: de cada dez representantes de São Paulo seis não se uniram à frente parlamentar.

Dos cinco estados que têm entre 20 e 40 deputados na Câmara Federal (BA, RS, PR, PE e CE), o que faz a pior figura é o Ceará: só 14% dos parlamentares cearenses se juntaram à frente pró-transparência.

Da bancada gaúcha só 10 dos 32 deputados se juntaram à iniciativa. Entre os paranaenses, a adesão foi de apenas 37%.

Dicas para jornalistas

A planilha que traz a adesão dos partidos está aqui.

Ao jornalista que se interessou pelo tema, sugere-se que pergunte ao líder dos partidos esnobes a razão pela qual seus liderados não consideram importante promover a transparencia pública.

A adesão por Unidade da Federação está aqui.

Cada bancada estadual da Câmara dos Deputados tem um líder. Seria uma boa idéia perguntar ao lider da bancada do Tocantins por que ele e seus liderados não aderiram ao grupo pró-transparência.

Será que eles acham pouco importante abrir as caixas-pretas?

A mesma pergunta deveria ser feita ao líder das bancadas de São Palo, Ceará, Rio Grande do Sul e Paraná. Estados importantes como esses quatro, que contam com uma imprensa razoavelmente forte, deveriam estar mais conectados com a opinião pública.

(*) Para efeito de análise, designou-se “nanico” o partido que tem menos de 10 deputados na Casa. Partidos considerados médios têm entre 10 e 50. Os quatro maiores têm mais de 50 deputados federais cada um atualmente.



3 Responses to “Quem está se lixando para atos secretos”

  1. 1 Emerson

    As planilhas estão sem permissão de acesso de propósito?

    • 2 Fabiano Angélico

      Uai, Emerson, eu estou conseguindo abrir aqui. Pedi a uma colega, e ela também abriu. É um Google Spreadsheet.

    • 3 Emerson

      Estranho… eu ganho a mensagem: “We’re sorry, meu_email@gmail.com does not have permission to access this spreadsheet.”😦


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: