Uma especificidade que faltou a Jarbas

27fev09

Ainda repercute a entrevista do senador Jarbas Vasconcelos ao repórter Otávio Cabral. Todos sabem, mas não custa repetir: o parlamentar disse que o PMDB é corrupto.

O jornalista Alon Feuerwerker escreve hoje que, depois das declarações de Jarbas, há algo de Matrix no ar. É como se algo estivesse para acontecer. O blogueiro diz ainda que o jornalismo está à caça da materialidade.

Querem algo material, palpável? Vai aqui uma dica: que tal verificar a relação dos parlamentares peemedebistas com os tribunais?

O projeto Excelências, da Transparência Brasil, traz várias informações sobre deputados federais, senadores, deputados estaduais e vereadores das capitais brasileiras.

É possível, por exemplo, saber quem tem problemas com a Justiça ou já foi punido por Tribunais de Contas.

Vejamos a ficha corrida do PMDB: são 357 os parlamentares da legenda monitorados pelo projeto da Transparência Brasil. Destes, 113 tem alguma decisão desfavorável na Justiça ou em Tribunal de Contas.

Ou seja: de cada 3 parlamentares do PMDB, um está encalacrado (ver quadro à direita). Isso porque muitos tribunais não disponibilizam informação suficiente. O que quer dizer que o número deve ser maior.

De toda forma, o PMDB é o mais enroscado com os tribunais. PSDB (29%), DEM (26%) e PT (19%) aparecem em seguida.

Para fechar,vejamos a ficha de Jarbas Vasconcelos: nenhuma reportagem o relaciona a malfeitorias. Também não foram localizadas ocorrências na Justiça ou punições sofridas pelo senador pernambucano em Tribunal de Contas.



No Responses Yet to “Uma especificidade que faltou a Jarbas”

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: